Você sabia que ter um milhão de reais não te faz um milionário?

Você sabia que ter um milhão de reais não te faz um milionário?

Para começar, vamos explicar para você o que significa ser um milionário, muitas pessoas falam essa palavra, mas não sabem exatamente o que é ser um e quanto precisa ter em dinheiro ou em patrimônio para ser considerado como tal. Você tem que saber disso, pois se ainda não é um milionário, queremos que você entre para o time. Seu objetivo tem que ser mesurado, e para mensurar é preciso estudar estrategicamente essa realidade. Vamos lá?


Em meados do século 18, quem possuía uma quantia de um milhão em moeda corrente era chamado de milionário, o termo começou a ser usado na Europa e essa quantia era considerada extremamente difícil de conseguir. Nos dias de hoje esse conceito mudou, para ser um milionário é preciso possuir um ativo igual ou superior a 1 milhão de dólares excluindo as residências nas quais vivem e também os produtos duráveis.

Você sabia que o Brasil ocupa a 11ª posição no ranking dos países com maior número de milionários do mundo? São 23 novos milionários que o nosso país ganha por dia, totalizando 155,4 mil até o ano passado. Ficou surpreso?

Você já parou para pensar no quanto deixa de ganhar todo ano? E no quanto você perde? Bem, no artigo de hoje vamos conversar um pouco sobre custo de oportunidade, inflação, depreciação de bens e custos de manutenção de bens “parados”. Vou aproveitar a oportunidade para te convidar a repensar melhor suas finanças, indicando novos caminhos para você libertar o espírito empreendedor que existe em você.

Se você acha que ser rico é simplesmente ter muitos bens, sinto lhe informar que você está enganado. Ricos que não movimentam suas posses ficam pobres em pouco tempo. Ser rico é conseguir sempre aumentar o valor de seus bens através de investimentos e negócios lucrativos. Vou te explicar o porquê em dois tópicos. Leia com atenção, pois vou precisar introduzir alguns conceitos de administração para explicar melhor essa ideia.

Por que o simples fato de ter um milhão de reais não te faz um milionário?

Você sabia que ter um milhão de reais não te faz um milionário?

Claro, é uma afirmação pretensiosa essa minha. Mas, do ponto de vista técnico e econômico, é uma verdade inquestionável.

Você sabe o quanto custa ter um milhão de reais? Vamos supor que você tenha essa quantia em imóveis e automóveis: só de IPTU, no caso de uma residência avaliada em R$ 700.000,00, a depender da cidade onde está localizada, você vai pagar mais de R$ 7.000,00. E o IPVA de um carro avaliado em R$ 300.000,00 está numa média de R$ 12.000,00 (4% do valor venal do veículo). Só nesses dois impostos você perde R$ 19.000,00 por ano.

No caso do veículo, podemos incluir na conta dos prejuízos a depreciação. Depreciação, para quem ainda não conhece o termo, é a taxa de desvalorização do bem. No caso de veículos, são vários fatores que provocam a depreciação, como o estado de conservação, a quantidade de quilômetros rodados, os acessórios instalados, entre outros.

A depreciação para carros importados é maior que para carros populares, chegando a desvalorizar até 50% depois de dois anos de sair da concessionária, ou seja, num carro de R$ 300 mil, você perde R$ 150 mil em apenas dois anos.

Outra coisa que desvaloriza muito os “bens parados” são os valores de manutenção. Se você não gera renda com seus bens, como você conseguirá mantê-los? Ter o luxo de ser rico custa caro, é preciso estudar muito para saber gerenciar seu capital, fazer investimentos, e acompanhar de perto todas as variáveis que influenciam direta ou indiretamente em suas posses.

Aí você pode me dizer: “Ah, é muito complicado isso tudo! E se eu deixar o dinheiro no banco?” A resposta é óbvia, não é mesmo? Todo mundo já ouviu falar de inflação. Se você deixar seu dinheiro parado numa conta bancária, ele simplesmente vai perder valor, vai perder o poder de compra. Entendeu agora o porquê que ter um milhão de reais não te faz um milionário? Quer saber o que você pode fazer para se tornar um milionário de verdade?

Vamos ao segundo tópico desse artigo.

Você tem investido seu tempo e dinheiro nas coisas certas?

Você sabia que ter um milhão de reais não te faz um milionário?

Será que você tem dado o direcionamento correto para os seus esforços? Será que não existe outra forma de utilizar seus recursos que geraria mais benefícios? Se você ficou intrigado com esses questionamentos, saiba que isso pode ser estudado e trabalhado para melhorar.

Quando você faz uma escolha, certamente você deixa de lado alguma outra opção. Será que essa outra opção não seria mais viável? Estudar essa viabilidade é analisar o custo de oportunidade.

Saber sobre custo de oportunidade é fundamental para quem precisa gerenciar grandes valores. O custo de oportunidade é um conceito temido por quem tem hábitos improdutivos, dificuldade de poupar, ou que vive se queixando da falta de tempo. Toda escolha feita em nossas vidas tem algum custo envolvido, e às vezes, esses custos podem não ser mensuráveis em valores monetários, como tempo de vida, saúde, felicidade. E isso tem grande impacto na hora de você traçar o seu planejamento econômico financeiro.

Às vezes, no decorrer do dia-a-dia, surgem perguntas como “Será que é melhor comprar, ou alugar um imóvel?”, “Será que é a hora certa de comprar aquele carro?”, “Devo investir na poupança ou em ações?” Ao se deixar levar pelo emocional para responder essas perguntas, você pode cometer erros, você pode simplesmente escolher a pior relação custo/benefício.

Para tomar decisões mais acertadas, é necessário levar em conta todos os fatores envolvidos na oportunidade, como valores emocionais, financeiros, tempo, esforços despendidos, conhecimentos necessários, e muitos outros fatores.

É aqui que você percebe que ter um milhão de dólares não te faz milionário. Para ser milionário, você precisa ter uma mente de milionário: é preciso saber o que os milionários fizeram e fazem para ser ricos. E grande parte disso está em saber aproveitar as oportunidades. Se você tem uma oportunidade de ter lucro, agarre-a! Quando você começar a aproveitar as oportunidades que surgem, sua vida mudará, e você irá passar a viver como um milionário.

Muitas pessoas afirmam a seguinte frase quando o assunto dinheiro é lançado: “Eu não quero ser rico”. Então por que você não dorme à noite quando tem uma dívida para pagar e não consegue? O dinheiro traz certa segurança e tranquilidade na vida das pessoas, isso é inevitável. Se você tem filhos sabe muito bem que precisa de dinheiro para dar a melhor educação para eles, os melhores alimentos, as melhores roupas, os melhores amigos, os melhores esportes, os melhores instrumentos musicais, enfim, você não quer que seu filho passe pela escassez que você passou.

Napoleon Hill em seu livro Quem Pensa Enriquece, publicado à 79 anos atrás, baseado nas ideias de Andrew Carnegie (o homem mais rico do mundo na época) e no estudo da mente de mais de 500 milionários durante 20 anos, nos apresenta o segredo para fazer dinheiro em 13 passos. Passados todos esses anos a fórmula não mudou, o principal desafio é quebrar as barreiras psicológicas que impedem a maioria das pessoas de conseguirem sucesso.

São 13 passos que vamos citar neste artigo que vão te encorajar a buscar o primeiro milhão de dólares:
1 – Desejo.
2 – Fé.
3 – Afirmação
4 – Conhecimento Especializado
5 – Imaginação
6 – Planejamento Organizado
7 – Decisões
8 – Persistência
9 – Mestres da Mente
10 – Relacionamento
11 – Subconsciente
12 – O Cérebro
13 – O Sexto Sentido

Bom, se o Brasil ganha 23 novos milionários por ano, é quase um por hora. E esses novos entrantes estão aplicando essas técnicas todos os dias de suas vidas e dizendo “não” para outra porção de coisas que não vai leva-los a lugar algum. Pense sobre isso, se essas pessoas podem, você também pode!

Abordaremos mais detalhadamente esses passos do livro mencionado acima em outro artigo que estamos preparando para que você se eduque financeiramente, infelizmente não aprendemos isso na escola. É por esse motivo que estamos apresentando conteúdos ricos em informações relevantes extraídos das pessoas que já fizeram sucesso e que querem compartilhar isso com o resto da humanidade.
Informação sem ação é mera ilusão, por isso quero lançar um desafio para você começar agora, neste exato momento a agir como um milionário. Não vai custar nada, é apenas um exercício mental para te preparar para os demais passos.

Faça as seguintes perguntas a si mesmo:
– Eu quero ser rico? Por que?
– Eu estou preparado?
– O que se passa na cabeça da pessoa que você admira? Como ele agiria em determinadas situações?
– Estou agindo e pensando como rico?
Mentalize, depois materialize!

Boa reflexão e não esqueça de deixar um comentário! Até a próxima.

Obtenha a sua independência financeira! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *