Você odeia preencher planilhas financeiras? Veja essa dica sensacional!

Se você odeia preencher planilhas financeiras confira essa dica sensacional

Se você é do tipo de pessoa que gostaria de ter mais controle sobre sua vida financeira, mas odeia ficar preenchendo planilhas ou alimentando informações em aplicativos de orçamento familiar, não se preocupe: você não está sozinho!

Muitas pessoas têm pavor de sentar na frente do computador e preencher uma planilha financeira, acredito que o processo para tentar educar-se financeiramente é muito importante na evolução da sua capacidade de ficar mais amigável com seu fluxo de caixa.

Porém se você tentou várias vezes alimentar planilhas financeiras quando ficou empolgado depois de algum curso, palestra, livro ou artigo do Blog Investir & Ganhar Dinheiro e abandonou o barco nas primeiras semanas, acredite: o seu estilo é outro.

Para um método ser efetivo, tem que haver constância, esse é o segredo do sucesso. De nada adianta preencher a sua linda planilha financeira com todos os “cafézinhos” que você tomou por 3 semanas e depois esquecer algum dia ou outro e deixar de lado.

Quem consegue se manter firme na inserção de dados na planilha financeira por um longo período de tempo, mais precisamente, para sempre, consegue ter uma visão micro e macro do seu estado financeiro e patrimonial, podendo assim tomar decisões importantes em menos tempo, pois está tudo na ponta do lápis, essa é a vantagem.

Vou apresentar a dica matadora e suas vantagens logo de uma vez, não é nenhum segredo mas se você tiver disposto a colocar em prática vai colher bons frutos. O caderno ou papel de pão, caneta e calculadora são essenciais.

Toda vez que você se deparar com uma situação que precise tomar uma decisão de compra ou uma decisão de investimento, você pega o papel e a caneta e coloca o quanto você tem disponível em caixa e vai subtraindo as suas despesas, simples assim, sem complicação, cálculo de “mais e menos”.

Exemplo:

Se você odeia preencher planilhas financeiras confira essa dica sensacional

Vamos supor que você recebeu o seu salário e já pagou algumas contas no começo do mês referente à água, luz, telefone, aluguel, despesas com o automóvel, fez a compra do mês do mercado e ainda investiu 10% do seu salário.

Porém ainda é dia 10 e você precisa “chegar ao fim do mês” e quer comprar um celular novo. Observando a imagem acima você percebe que ainda tem R$ 1.500 em seu caixa, o que é bom porque você não está no vermelho, mas isso não significa que você tem condições de gastar com a compra de um aparelho.

Por isso que a proposta desse método é ir um pouco mais além do seu estado atual, fazendo uma projeção para os próximos meses se for o caso. Vamos ver no exemplo:

Se você odeia preencher planilhas financeiras confira essa dica sensacional

A imagem acima mostra a realidade de muitas famílias brasileiras, que fecham o mês no vermelho, mas são poucas pessoas que tem consciência disso. Essa conta pode ser feita antes mesmos dos gastos acontecerem para evitar imprevistos.

Neste caso, simulamos que nos últimos dias do mês, o cidadão precisou fazer uma consulta no médico e gastou um pouco a mais do que tinha no seu caixa. Se você pega um papel e uma caneta e anota antecipadamente antes dos fatos acontecerem, você toma decisões de maneira mais inteligente financeiramente.

Bom, já sabemos que este mês não vai ser possível comprar o celular novo, mas a pergunta é: quando vou conseguir comprar sem prejudicar o meu bolso?

É simples, se não acontecer nenhum imprevisto no final do mês (o que acho difícil) como a despesa médica, e sobrar um pouco, basta manter o nível de gastos por alguns meses até obter o valor integral do seu bem de consumo.

Outra maneira é identificar o que pode ser cortado dos seus gastos, como a mensalidade da TV, bares e restaurantes, roupas, talvez um presente mais barato, entre outros. Neste exemplo, os gastos supérfluos totalizaram R$ 620,00. Valor que corresponde uma boa parte daquele bem de consumo ou uma viagem que você gostaria de fazer.

Se você quer saber como viajar barato acesse o Blog O que fazer, nosso parceiro, e aprenda gratuitamente.

A vantagem deste método é que você não precisa fazer isso todos os dias, e sim, somente quando se deparar com alguma decisão de compra ou de investimento. Isso provoca em você um questionamento interno do tipo “será que eu preciso comprar isso mesmo”?

Esse questionamento interno é muito importante para conter o seu instinto de comprador compulsivo, digo para aquelas coisas que você compra no exato momento que recebeu a oferta, como por exemplo, passar em frente à uma loja e comprar uma camiseta que achou bonita e estava na promoção.

Você tem a sensação que levou uma vantagem tremenda comprando aquela camiseta por R$ 40,00 sendo que o preço original dela estava R$ 80,00. Será que você precisava mesmo daquela roupa? Será que o seu caixa poderia pagar aqueles R$ 40,00?

Se você odeia preencher planilhas financeiras confira essa dica sensacional

Ao se deparar com uma vontade de comprar algo, pense melhor. Vá para casa e faça as contas no papel de pão para depois tomar a decisão de compra. Você pode adotar a estratégia de esperar dois dias para comprar determinado produto, com isso você tem tempo de fazer um cálculo simples e pensar se realmente precisa daquilo.

Esse método não funciona para despesas fixas e contas de consumo, você não vai pensar dois dias para ver se vai ou não pagar o aluguel, a conta de luz ou abastecer o carro, por isso que para quem não tem paciência de ficar preenchendo planilhas financeiras essa é a melhor opção.

No começo, a tomada de decisão leva mais tempo pelo fato de não estar acostumado a fazer esse tipo de conta. Repetir essa atividade toda vez que precisar comprar algo vai te deixar mais familiarizado com as suas finanças, até chegar ao ponto de tomar as decisões mais rapidamente, esse é o objetivo, sempre evoluir.

Espero que esta dica possa te ajudar a ter uma vida financeira mais inteligente, sem precisar anotar todos os seus gastos diários em uma planilha financeira, cada indivíduo possui sua maneira de lidar com as finanças, encontrar uma maneira simples e efetiva faz parte do processo.

Se você acha que este artigo pode ser útil para algum amigo, não deixe de compartilhar agora mesmo e aproveite para se inscrever gratuitamente seu para receber as novidades do Blog Investir & Ganhar Dinheiro em primeira mão.

Gostou do artigo? Deixe um comentário!

 

Obtenha a sua independência financeira! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *