7 sinais de que você irá ter problemas financeiros na sua aposentadoria

7 sinais de que você irá ter problemas financeiros na sua aposentadoria

Você quer viver quanto tempo? Já planejou sua aposentadoria? Um dos maiores erros que a grande maioria das pessoas cometem, é não poupar e não planejar a aposentadoria. Quando chega a melhor idade, é o nosso momento de ter mais tranquilidade para poder fazer as coisas que mais gosta. Neste artigo vamos mostrar para você os 7 sinais de que você irá ter problemas financeiros na sua aposentadoria.

Não tem jeito: planejar um futuro mais tranquilo é uma das nossas missões ainda quando somos jovens e temos saúde. Esse é sem dúvida um dos melhores caminhos para evitar problemas financeiros na aposentadoria. Um dos erros mais comum é gastar mais do que se ganha.

Antes de começar a planejar sua aposentadoria, é extremamente necessário compreender sobre o envelhecimento da população brasileira e consequentemente sobre a inversão da pirâmide etária. Acontece que nos países em desenvolvimento, que inclui o Brasil, o número de nascimentos está diminuindo e o número de idosos está aumentando, isso significa que a cada ano que passa existem mais pessoas para serem sustentadas pelo governo e menos pessoas ativas pagando contribuições previdenciárias.

Queremos te mostrar dois gráficos fornecidos por um estudo do IBGE para te convencer que a previdência social não é mais uma alternativa de aposentadoria tranquila, muito pelo contrário. Você vai perceber que se você não tomar uma atitude agora, você certamente terá sérios problemas financeiros na sua aposentadoria.

7 sinais de que você irá ter problemas financeiros na sua aposentadoria

Observe que no Censo realizado no ano de 1980 temos mais pessoas jovens do que idosas no país, o que significa que tem mais pessoas contribuindo para a previdência social do que pessoas consumindo. Ótimo, vamos ver como vai ficar a situação no futuro.

7 sinais de que você irá ter problemas financeiros na sua aposentadoria

Agora veja uma projeção para o ano de 2060 realizada pelo IBGE, onde vai existir mais pessoas mais velhas e menos pessoas jovens, significa que tem menos pessoas ativas trabalhando e consequentemente contribuindo e mais pessoas sendo sustentadas pelo governo.

Essa conta não fecha não é mesmo? Se você ainda não conseguiu compreender a importância desses dois gráficos para o seu futuro, sugerimos que pare por alguns instantes e observe novamente os dois cenários para avançarmos com o nosso assunto.

Você deve estar se perguntando, mas o que eu contribuo não está sendo guardado pelo governo para me devolver quando eu me aposentar? A resposta é não. O que você está contribuindo hoje, os idosos estão consumindo, e quando você se aposentar, o número de contribuintes será muito menor, como mostra no gráfico de projeção para 2060.

O que a gente quer dizer com tudo isso? Que apenas o dinheiro da aposentadoria do INSS geralmente não é o suficiente para termos uma vida mais tranquila no futuro. Pense na seguinte questão: você começou a trabalhar cedo, atuou de forma dedicada e com muita determinação em todas as empresas pelas quais passou, e conseguiu se aposentar aos 52 anos de idade, que por sinal é uma grande conquista.

Veja, você ainda é jovem, não investiu em outros meios para ter uma aposentadoria mais tranquila, como o tesouro direto ou previdência privada. E agora a única renda que recebe é a do INSS.

Com esse dinheiro, você não consegue viajar com a família, passa alguns apertos para fazer as compras do mês e trocar de carro é um assunto que nem passa pela sua cabeça. Fala sério, quem merece uma vida assim depois de ter trabalhado tanto? Injusto, não é mesmo?

Mas infelizmente é assim que as leis trabalhistas funcionam atualmente, nos assegurando apenas o dinheiro arrecadado ao longo dos anos de trabalhos. O que na maioria das vezes é pouco. Por isso, cabe a nós fazer novos planejamentos, pois o governo está mudando as regras de aposentadoria e até você se aposentar haverá muitas outras mudanças.

Reclamar não é uma alternativa para o leitor do Blog Investir & Ganhar Dinheiro. Por isso queremos abrir seus olhos com alguns sinais de que você terá sérios problemas financeiros na sua aposentadoria antes que seja tarde demais. Confira abaixo os 7 sinais de que você irá ter problemas financeiros na sua aposentadoria e fique ligado nas dicas para investir no Tesouro Direto como forma de aposentadoria.

1 – Você ainda não fez a conta de quanto precisa ter de renda quando se aposentar

Você precisa saber que o custo de vida para viver na melhor idade pode ser mais alto do que você imagina. Um dos gastos que mais pesam no bolso dos aposentados é relacionado à saúde, as doenças vão aparecendo com mais frequência e você precisa tomar uma atitude imediata, diferentemente de quando você é jovem e sempre adia aquela consulta ao médico (está errado, mas você geralmente sobrevive).

É por isso que você deve fazer uma estimativa, agora que é jovem, de quanto precisa ganhar mensalmente para viver uma vida tranquila na aposentadoria. É muito importante levar em consideração a inflação e o poder de compra no futuro. Depois que você calculou, ou mesmo imaginou um valor mensal que deseja receber, é preciso fazer um calculo de quanto você precisa investir agora para ter essa quantia no futuro, você vai ver no próximo dos 7 sinais de que você irá ter problemas financeiros na sua aposentadoria, como somente a aposentadoria do INSS não é suficiente para conquistar a renda mensal desejada.

2 – Você acredita que apenas o INSS será suficiente para ter tranquilidade ao se aposentar

Se você ainda tem esperança em ser sustentado pelo governo quando se aposentar e não está investindo em um plano complementar você certamente terá problemas financeiros. O que estamos falando aqui não é um problema que vai acontecer no futuro, 99% da população idosa do Brasil não é independente financeiramente, ou seja, o problema já está acontecendo e acredite, vai piorar. Fique atento ao próximo sinal de que você irá ter problemas financeiros na sua aposentadoria.

3 – Você compra coisas desnecessárias e gasta mais do que ganha

Estamos falando da doença do século 21, o consumismo desenfreado. A maioria da população brasileira luta para sobreviver até o final do mês, acontece que na maioria dos casos as pessoas gastam mais do que ganham, isso é possível devido ao crédito fácil.

As campanhas de marketing fazem você comprar um produto que nem sabia que existia e que você nem sabia que precisava. Comprar se tornou muito prático, e por esse motivo compramos coisas que não necessariamente precisamos e depois que acostumamos com um padrão de vida elevado, é extremamente difícil diminuir.

Se você continuar gastando mais do que ganha, nunca vai sobrar para investir na sua aposentadoria, é o que vamos abordar no próximo sinal que você irá ter problemas financeiros na sua aposentadoria.

4 – Você pensa que por ainda ser jovem, não é preciso poupar ou se preocupar com o futuro financeiro

Se você acha que é muito jovem e ainda tem tempo para pensar na sua aposentadoria, saiba que os aposentados de hoje estão completamente arrependidos de pensar como você está pensando. Quando você terminar de ler esse artigo, sugerimos que você converse com alguns aposentados faça a seguinte pergunta: “O que você faria se tivesse a minha idade quanto à sua aposentadoria?”

Supondo que apenas 1% da população idosa tem uma vida financeira saudável, você certamente vai ouvir a seguinte resposta: “Comece a guardar dinheiro desde o primeiro salário!”

5 – Não tem nenhum interesse e nem procura saber outras formas de investimento, como previdência privada ou tesouro direto

Se você ainda não conhece ou não busca saber formas de complementar sua aposentadoria, é certo que terá problemas financeiros. Você já sabe que não dá para confiar somente na previdência social, então o que está esperando para aprender mais sobre os melhores investimentos para sua aposentadoria?

Existem diversas maneiras de ter uma renda extra na melhor idade, dentre elas destacamos a previdência privada, que foi feita exatamente pensando na sua aposentadoria, inclusive o próprio site do INSS indica a previdência complementar como forma facultativa de acumular reservas financeiras para o futuro.

Mas você não precisa se prender às instituições autorizadas que oferecem previdência privada para obter uma renda na sua aposentadoria. Outros investimentos, como o Tesouro Direto por exemplo, que está sendo muito usado para obter rendimentos acima da inflação e garantir a sua independência financeira ao se aposentar. Falaremos sobre o Tesouro Direto mais abaixo, pois é a nossa sugestão para uma aposentadoria tranquila!

6 – Você não “luta” pelo seu dinheiro e acha normal o cartão de crédito cobrar juros abusivos. Você simplesmente paga para não ter dor de cabeça.

Se você já se acostumou a pagar o valor mínimo do seu cartão de crédito, meu amigo, você entrou na famosa bola de neve. Não faça isso com sua vida, procure imediatamente alguma instituição e troque sua dívida cara (Rotativo do Cartão de Crédito) por uma dívida mais barata.

Quando a pessoa recebe um cartão de crédito e um limite de cheque especial em sua conta corrente, a pessoa acha que seu poder de compra aumentou e incorpora os limites em seu salário. Exemplo:

A pessoa ganha R$ 1.200,00 por mês e possui um limite de R$ 1.000,00 de Cheque Especial na sua conta corrente e possui um cartão de crédito com um limite de R$ 3.000,00. Essa pessoa consegue gastar R$ 5.200,00 em um único mês, não é incrível? Não, pois no primeiro mês essa pessoa fica feliz e nos demais meses fica muito triste, pois não tem salário suficiente para liquidar a sua dívida.

Não entre nessa, cuide do seu dinheiro que você batalha tanto para ganhar, não fique dependente das instituições financeiras, pois com essa atitude nunca ira sobrar nada para sua aposentadoria.

7 – Você não sabe com quantos anos quer parar de trabalhar

Se você ainda não imaginou a idade desejada que pretenda parar de trabalhar, é muito provável que sua aposentadoria não seja muito tranquila. Parar de trabalhar não significa exatamente de um dia para o outro ficar de pernas para o ar sem fazer nada, só desfrutando da vida.

Estamos falando de uma aposentadoria onde você pode trabalhar sim, mas quando você quiser, na intensidade que você quiser. Se você tiver em mente que deseja ter essa liberdade financeira na sua aposentadoria com uma idade previamente calculada, seu futuro será mais tranquilo na melhor idade.

Se você se identificou com a maioria dessas situações, saiba que certamente você terá problemas financeiros na sua aposentadoria. Será daqueles aposentados que vive pegando empréstimos abusivos e se atolando em dívidas a cada mês.

Mas calma, ainda há soluções e novos planos que você pode fazer para reverter essa situação.

Tesouro Direito: sua melhor opção de investimento para uma aposentadoria tranquila

7 sinais de que você irá ter problemas financeiros na sua aposentadoria

Ter independência financeira é um sonho de muitas pessoas, e aposentadoria deve ser compreendida como uma continuidade na renda e no padrão de consumo.

Uma aposentadoria para ser tranquila precisa ser planejada para que você possa viver bem, com saúde e felicidade. Ainda mais agora que o brasileiro aumentou consideravelmente sua expectativa de vida.

Uma excelente maneira de começar a planejar sua aposentadoria é investir no Tesouro Direto, que é uma ótima opção para ter um futuro mais tranquilo.

Ao escolher investir no Tesouro Direto, aplicando recursos em títulos públicos, você tem uma excelente chance, uma vez que os títulos são de baixo risco e com rentabilidade atrativa.

Devo investir na Previdência Privada ou Tesouro Direto?

A previdência Privada possui taxa de administração e taxa de carregamento, que podem ser elevadas e prejudicar a sua rentabilidade. Mas também tem alguns benefícios, como tributação que pode escolher a regressiva, isso é uma vantagem.

Na previdência, pode-se também escolher os beneficiários, caso algo aconteça com você lá no futuro. A dica que damos é que se você quer investir em Previdência Privada exija taxa de carregamento zero e fique de olho na taxa de administração.

Tudo depende do perfil e da estratégia de cada um, mas no Tesouro Direto, por exemplo, as taxas são bem menores, além de ser garantido pelo governo federal possui planos que são atrelados à inflação, ou seja, seu dinheiro vai ter uma rentabilidade acima da inflação no longo prazo.

A dica do Tesouro Direto para aposentadoria é o Tesouro Direto IPCA, que garante ganhos acima da inflação, diferentemente da poupança que possui rendimento baixo, o que leva a você perder poder de compra no futuro.

Se você quer saber mais sobre o Tesouro Direto para sua aposentadoria estamos disponibilizando para os nossos leitores um ebook gratuito, onde explicamos tudo sobre o assunto, cadastre abaixo para receber o conteúdo em primeira mão.









Com atenção e planejamento, você ficará longe dos problemas financeiros na sua aposentadoria, sabemos que esse assunto gera muitas dúvidas. Por isso estamos dispostos a esclarecer todas elas, basta escrever aqui nos comentários para que você não tenha problemas financeiros na sua aposentadoria.

Obtenha a sua independência financeira! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *